O Idiota!

by

Esse artigo poderá não servir para você, mas com certeza servirá para alguém, como livre pensador e passado por muitas coisas pela vida, sinto-me no direito de publicá-lo. Muitas pessoas passam pela vida sem ter conquistado nada, as vezes nem sequer uma verdadeira amizade, não por falta de oportunidades, mas por não perceberem as coisas importantes da vida. Muitos de nós vivemos e corremos em busca de algo que nunca encontramos, acreditamos que seremos felizes quando conquistarmos algo, ao alcançarmos desejamos outro e passamos pela vida em busca do que verdadeiramente deixamos para traz. Motivo esse que acredito na vida pautada pelo sucesso, sucesso em sermos admirados ao menos pelos mais próximos, pelas pessoas que conquistamos, e pelo trabalho.

Digo isso com orgulho porque meus filhos e minha esposa nunca me ouviram em nossas conversas eu dizer que estava cansado de determinado trabalho, ou empresa, ao contrario sempre procurei fazê-los ver da importância que era meu desafio a cada trabalho que realizava, e da motivação da conquista.

 Comecei a trabalhar um pouco tarde pelos padrões da época, com nove anos juntamente com meus pais, e aos dezoito seguindo carreira sozinho, queria ser o melhor em tudo que fazia, e era obvio que nem sempre conseguia. Faltar ao trabalho jamais, sempre vinha vários domingos trabalhar, apesar da empresa não abrir nesse dia, em determinado sábado percebi que meu superior havia saído antes de mim, e fiquei sem saber se naquele domingo viríamos como era costumeiro, no dia seguinte lá estava eu, plantado esperando alguém chegar para abrir o escritório, o que não ocorreu e fui embora jogar meu futebol. Perguntei na segunda feira para as pessoas se naquele domingo não era para ter vindo, pois sem saber eu ali estivera, todos me gozaram, disseram que eu era um idiota, pois se ninguém havia confirmado o porquê de eu ter vindo. Mais tarde viajava para visitar lojas da rede, e procurava chegar antes do gerente, é evidente que meus superiores a mais de 1.000 km. em distancia jamais souberam disso, mas não importava, queria ser justo com aquilo  que realizava e me dava prazer, pois desde quando entrei na empresa já havia conquistado várias promoções e me encontrava na área de auditoria.

Aos sábados ao voltar para casa viajando por muitos quilômetros, procurava sair de onde me encontrava com o tempo para chegar sempre por volta das 18 horas, que era o horário final de expediente da empresa, poderia até chegar antes, quem iria saber meus colegas assim o faziam, e me chamavam de idiota.

Estando em cargos mais altos, e antes não pensava diferente, procurava enxergar a empresa como se fosse minha, a cada clipes no chão me agachava para pega-lo e colocá-lo sobre a mesa, papeis de sulfite em branco usados como rascunho chegava a doer na alma, e sempre procurava mostrar isso as pessoas, sobre as quais na mesma hierarquia me diziam o quanto eu era idiota, pois a empresa não merecia tudo aquilo.

E assim foi toda minha vida profissional, pautado pela sinceridade, honestidade, e tolerante com minha equipe, onde alguns hoje fazem sucesso Brasil afora em suas funções, motivo que me encanto quando vejo em belas e sabias respostas o que norteia a vida do profissional que me fizeram chegar ao topo da empresa sob a qual trabalhei durante 20 anos.

A minha família qualquer pessoa pode perguntar se por ser voltado ao trabalho lhes deixei faltar, companhia, conversas, e prazeres juntos, com certeza irão dizer que muito mais que outros chefes de família estivera sempre presente, pois alguns estão sob o mesmo teto e não são amigos, cúmplices, deixando de ser verdadeiro uns com os outros.

E esse idiota percebeu que todos aqueles por quem passei pela vida profissional que deram pouca importancia a essas atitudes, ficaram para traz, pouco tem, não entenderam a arte do realizar, e esse idiota não ficou rico, mas conquistou uma carreira profissional que muitos gostariam, muitos amigos, uma família realizada, e o suficiente para vivermos felizes, e ter a satisfação de meus filhos terem o maior orgulho de mim, e eu deles.

Fico triste ao ver pessoas em seus trabalhos brigando por migalhas de horas extras feitas e não compensadas, querendo o merecimento sem o ter merecido, olhando para a empresa que lhe dá a possibilidade de uma realização profissional e pessoal, como se fosse escravizado jogando para baixo do tapete o que ninguém vê.

Na vida, dinheiro se perde e ela passa, amigos se vão para o oriente eterno, mas devemos ter o sentimento do dever cumprido, saber que é aqui e agora o momento de realizarmos, como não sabemos o que virá apos a morte, ou se virá algo, devemos viver plenamente não deixando espaços para o arrependimento. É entender que não somos profetas do apocalipse, nem empresários sentados em mesas de botequins, e muito menos poeta da vida alheia, mas ter a certeza de ter conquistado o melhor que a vida nos proporcionou, e nos foi merecido.

Anúncios

4 Respostas to “O Idiota!”

  1. Leandro Says:

    Legal Kibom, como visitante deste blog fico feliz por voce. E hoje voce ainda continua trabalhando ou aposentou-se.

  2. kibom33 Says:

    Sou muito novo para me aposentar ainda, talvez quando tiver algo em torno de 150 anos. Acredito que a aposentadoria elimina o homem e o retira da sociedade, a não ser por motivos necessários.

  3. Rafael Fernandes Says:

    Excelente texto! Infelizmente, o site anda um pouco desatualizado. Possui grande conteúdo e deixá-lo assim é um erro. Nada que tire o brilhantismo das postagens.

  4. kibom33 Says:

    Obrigado Rafael, realmente o site anda um pouco desatualizado devido minhas atividades profissionais.

    Obrigado pelo comentario.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: