A Volta triunfal de Jesus

by

Deixei de debater por algum tempo situações contemporâneas ligadas a religiões pelo mesmo motivo de algumas pessoas diante do óbvio continuarem cegas, é verdade que no mundo das verdades absolutas cada um tem a sua, e nem todos “caminhamos sobre as aguas”.

Vou procurar me ater mais aos debates bíblicos, pois estes estão fundamentados em palavras sobre as quais sugerem mais o entendimento, o que na realidade não tem ocorrido, no entanto estão ali, só não as vê quem não quer, ou por medo de aceitar o óbvio preferem “mentirem” dizendo que acreditam.

Vejamos as passagens sobre a volta triunfal de Jesus, vamos a Mateus 16:27,28

27. Porque o Filho do homem há de vir na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então retribuirá a cada um segundo as suas obras.

28. Em verdade vos digo, alguns dos que aqui estão de modo nenhum provarão a morte até que vejam vir o Filho do homem no seu reino.

Todos os evangelhos tratam do mesmo assunto, Paulo principalmente tratava da chegada iminente de Jesus como algo para aqueles dias, e se ele dizia pela palavra do espírito santo, já que tudo que ele diz é atribuído como santo, não poderia haver  erro tão grande.

As primeiras palavras do apocalipse, já no primeiro capitulo e no primeiro versículo, João diz: 

Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e, enviando-as pelo seu anjo, as notificou a seu servo João;

 É evidente que quando questionado um religioso sobre essas passagens, ele dirá que o tempo de Deus é diferente do nosso, mais uma daquelas justificavas tradicionais, em explicar o inexplicável, e dirão é que você não entende de teologia, onde criaram uma “ciência”, para estudar o que o homem não entende.

Gostaria muito de acreditar nestas próximas palavras em João 14:1,2, porque elas nos dariam um conforto e a certeza de outra vida, mas como poderia crer no imaginável, se o que é palpável não condiz com a verdade.

Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito; vou preparar-vos lugar. Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. 

Só que infelizmente não posso ser hipócrita e dizer que acredito, por que se houver um pecado diante de Deus esse eu não cometerei. Pois como já disse aqui, se houver um tribunal nos fins dos dias, direi: Senhor como eu poderia acreditar em algo que via somente na imaginação das pessoas, como saber qual era o Deus verdadeiro, já que não tinha prova de nenhum, e não se trata em saber qual terno irei utilizar a noite.

Anúncios

4 Respostas to “A Volta triunfal de Jesus”

  1. GABRIEL Says:

    KKKKKKKKKKKK MUITO LEGAL (GOSTEI DO FINAL)
    VC ME PARECE UM ATEU CONVICTO

  2. kibom33 Says:

    Ola Gabriel, não sou ateu, sou agnóstico, o que é um pouco diferente, o ateu acredita que deus não existe, enquanto o segundo diz não acreditar enquanto não houver provas.

    Abraços

  3. Braz Silva Says:

    E aqui está o seu grande problema Kibom33, pois, a fé é a certeza das coisas que se esperam, e a convicção de fatos que se não vêem. (Hb.11:1) Ou a temos ou não ha como resolver nosso problema racional, pior ainda! a fé é um dom de Deus que só o adquirimos quando o pedimos de todo o coração, e isso parece não ser o seu caso.
    Abraço!

  4. kibom33 Says:

    Tenho visto muita gente pedir com toda fé e as coisas não aconteceram, contrariando totalmente o conceito de fé e razão, então tudo me leva a crer que são “amigos imaginários”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: